DADOS PRIVADOS: COMO TER CERTEZA QUE SUA ESTRATÉGIA DE MARKETING ESTÁ SEGUINDO AS REGRAS
25
January
2023
  Tempo de leitura:  
5
. min
Este artigo ajudará você a entender os regulamentos de privacidade de dados mais importantes e como eles podem afetar as atividades de marketing.

Agora, mais do que nunca, os consumidores estão cientes do valor que seus dados representam para as empresas e como podem usá-los. Nesse contexto, várias regulamentações de privacidade de dados foram criadas em todo o mundo. Com o objetivo de garantir que todo usuário tenha o direito de proteger e acessar seus dados pessoais.

Esse pode ser um assunto complicado para profissionais de marketing, ainda mais para quem navega em diferentes tipos de dados, em diferentes países. Este artigo ajudará você a entender os regulamentos de privacidade de dados mais importantes e como eles podem afetar as atividades de marketing.

O que significa privacidade de dados?

A privacidade de dados refere-se ao conjunto de regras que regem a utilização dos dados pessoais de terceiros. Cada país tem seus próprios regulamentos, o que pode dificultar o cumprimento por parte das empresas.

No entanto, todas essas regras possuem os mesmo objetivos, são elas:

  • Consentimento: os usuários devem ser informados de maneira muito clara sobre como seus dados irão ser coletados, armazenados e usados. Após entenderem a coleta, eles devem dar seu consentimento explícito para que esses dados sejam armazenados e usados.
  • Termos legais: o regulamento define as consequências e obrigações legais que as empresas devem cumprir ao coletar os dados.
  • Direitos dos usuários: os usuários podem concordar com o uso de seus dados pessoais a qualquer momento, podendo assim solicitar a sua modificação, retificação, eliminação ou recuperação dos mesmos.
  • Segurança de dados: toda empresa deve informar as autoridades o mais rápido possível quando uma violação de dados pessoais for detectada por sua parte.

Que tipo de dados são implicados?

As regras abrangem qualquer tipo de dado pessoal coletado. Assim, qualquer dado que permita identificar direta ou indiretamente uma pessoa entra neste marco regulatório.

Esses dados pessoais podem ser...

  • Nome, sobrenome, e-mail e número de telefone
  • Qualquer tipo de dados demográficos (profissão, gênero, idade...)
  • Qualquer tipo de geolocalização
  • Dados relacionados com a forma como um usuário utiliza a Internet (endereço IP, dados comportamentais...)

Observe que até os dados compartilhados por iniciativa do usuário são afetados. O mesmo se aplica aos dados internos da empresa (qualquer dado relacionado aos funcionários da sua empresa).

Quem está preocupado com a privacidade dos dados?

Qualquer empresa que coleta, armazena e/ou usa dados pessoais sobre seus usuários se preocupa com sua privacidade. Na verdade, você deve saber que a maioria das regras foram feitas sob a perspectiva do usuário. Isso significa que se aplicam a empresas que utilizam dados pessoais de usuários localizados na região a que se aplicam essas regras.

Ou seja, mesmo que sua empresa não esteja localizada na região a que se aplicam as regras, se seus usuários estiverem localizados naquela região, você também será afetado.

É por isso que é importante estar ciente dos diferentes regulamentos e cumpri-los.

Quais são os regulamentos que supervisionam a privacidade de dados?

Descubra aqui as diferentes regras que você precisa conhecer quando o assunto é proteção de dados pessoais, para que suas práticas de marketing estejam alinhadas de forma correta.

As políticas de proteção de dados que você precisa conhecer

A Lei nº 13.709, de 14 de agosto de 2018, foi promulgada com o objetivo de proteger os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade e a livre formação da personalidade de cada indivíduo.

A LGPD fala sobre o tratamento de dados pessoais, dispostos em meio físico ou digital, feito por pessoa física ou jurídica de direito público ou privado, e engloba um amplo conjunto de operações efetuadas em meios manuais ou digitais.

Ela estipula que as empresas devem…

  • Pedir o consentimento do usuário na hora da coleta de seus dados
  • Explicar como os dados são coletados, armazenados e protegidos
  • Permitir que os usuários modifiquem, retifiquem, excluam ou recuperem seus dados pessoais

Quais são as mudanças? E como afetam o mercado?

Como o conceito de privacidade de dados continua sujeito a novas leis e regulamentos, é crucial que você antecipe as próximas mudanças nessa área.

Pontos importantes sobre a transferência de Dados na LGPD.

A transferência de dados pessoais para outros países é um processo complexo que requer muita atenção dos controladores. Os direitos dos titulares poderão, de fato, estar em risco, se o tratamento dos dados não estiver mais coberto pela LGPD. 

Antes de transferir dados pessoais para outro país, o controlador tem que se certificar de que eles estão sendo transferidos de uma forma legal. Também deve-se considerar os diferentes níveis de proteção de dados em outros países e certificar-se de que a transferência esteja de acordo com eles. A transferência será possível apenas se:

  • For realizada somente para países ou organismos internacionais que proporcionem grau de proteção de dados pessoais adequado ao previsto na LGPD;
  • O controlador oferecer e comprovar garantias de cumprimento dos princípios, dos direitos do titular e do regime de proteção de dados previstos na LGPD, na forma de cláusulas contratuais específicas para determinada transferência; cláusulas-padrão contratuais; normas corporativas globais e selos, certificados e códigos de conduta regularmente emitidos;
  • A autoridade nacional autorizar a transferência;
  • A transferência resultar em compromisso assumido em acordo de cooperação internacional

A filosofia da GAMNED! em relação à privacidade de dados e publicidade digital

Como você pode ver, as leis globais de privacidade passam por desenvolvimentos contínuos. Os consumidores estão assumindo o controle de seus dados e exigindo comunicações mais direcionadas e personalizadas.

Por esse motivo, todas as empresas devem começar a levar a sério a privacidade dos dados, bem como o consentimento do consumidor, no que diz respeito à coleta, armazenamento e seu uso.

Na Gamned!, ajudamos nossos clientes sobre esses tópicos para fornecer uma experiência de usuário dinâmica e segura de privacidade dentro do GDPR, CCPA e outras diretrizes.

“Existem diversos regulamentos de privacidade de dados em todo o mundo, e como eles são posicionados do ponto de vista do usuário, pode ser complexo para os profissionais de marketing seguirem todas as normas em suas ações. Quer saber a chave para alcançar a conformidade com a privacidade de dados e, ao mesmo tempo, garantir uma boa experiência do usuário e o desempenho ideal da campanha? Chame especialistas que conhecem essas leis e que podem orientá-lo na escolha de tecnologias, canais e métodos de segmentação para usar em suas campanhas.” Zbynek Zapletal, Director Programmatic & Tech Development DACH & CZ

Precisa de ajuda em suas práticas de privacidade de dados? Entre em contato conosco!

Article

Como alternativa, QR Code na TV ganha espaço

En savoir plus

Você tem um briefing?
Uma campanha? Perguntas?

entre em contato conosco!

Conte-nos sobre sua marca, e nós te guiaremos!